Home / SEGURANÇA DO TRABALHO / Os acidentes mais comuns que ocorrem nas padarias

Os acidentes mais comuns que ocorrem nas padarias

De acordo com um estudo realizado pelo Ministério do Trabalho em padarias em todo o Brasil.

Os acidentes de trabalho mais comuns ocorrem com as máquinas presente no cotidiano dos trabalhadores. Foram listados em sequência quais foram as máquinas que causaram mais acidentes. A seguir:

 

1°- Misturador, batedeira, agitador;

2°- Tanque, cilindro (transportáveis e não sob pressão);

3°- Faca, facão- ferramenta manual sem força motriz;

4°- Ferramenta, máquina, equipamento, veículo;

5°- Máquina de embalar ou empacotar;

6°- Esforço excessivo;

7°- Chão – superfície utilizada para sustentar pessoas;

8°- Equipamento de aquecimento (forno, estufa);

9°- Britador, moinho;

10°- Equipamento elétrico;

11°- Cortadeira, guilhotina- ferramenta portátil com força;

12°- Engrenagem – dispositivo de transmissão de energia;

13°- Tesoura, guilhotina, máquina de cortar.

 

As partes do corpo que ocorreram os ferimentos também foram ranqueadas de acordo com Classificação Estatística Internacional de Doenças e Problemas Relacionados com a Saúde (CID). A seguir a sequencia:

1°- Ferimento do punho e da mão;

2°- Fratura ao nível do punho e da mão;

3°- Traumatismo superficial do punho e da mão;

4°- Amputação traumática ao nível do punho e da mão;

5°- Lesão por esmagamento do punho e da mão;

6°- Traumatismo de músculo e tendão ao nível do punho e da mão;

7°- Fratura do antebraço;

8°- Outros traumatismos e os não especificados do punho e da mão;

9°- Traumatismo de região não especificada do corpo;

10°- Fratura do pé (exceto do tornozelo);

11°- Luxação, entorse e distensão das articulações e dos ligamentos da cintura escapular;

12°- Traumatismo superficial do cotovelo e do antebraço.

Em relação às doenças. Podemos observar que a maior parte está relacionada aos riscos ergonômicos, resultando em Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho (DORT).

Distribuição dos agentes causadores das doenças do trabalho:

1°- Reação do corpo a seus movimentos – movimento voluntário;

2°- Esforço excessivo;

3°- Esforço excessivo ao manejar, sacudir ou arremessar objeto;

4°- Atrito ou abrasão por compressão repetitiva;

5°- Esforço excessivo ao empurrar ou puxar objeto;

6°- Atrito ou abrasão por manusear objeto (não em vibração);

7°- Esforço excessivo ao erguer objeto;

8°- Exposição ao ruído.

Fonte: Redação

About Redação

Outras Notícias

Como montar um andaime de maneira correta para evitar acidentes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *